Header Ads

Sportflix promete ser a 'Netflix dos esportes' e transmitir ligas ao vivo


Quando a Netflix surgiu ela parecia trazer o futuro com o seu sistema de streaming. Hoje, esse tipo de serviço online como algo cada vez mais presente na vida de todos. A Amazon já entrou nessa corrida, e o Facebook já deu indícios que também vai apostar no modelo. Seguindo essa premissa e de olho em um mercado em ascensão, o mexicano Matías Said e alguns investidores americanos e europeus resolveram lançar o Sportflix, que promete ser a "Netflix dos esportes".


COMO FUNCIONA


A ideia o serviço é bem simples: transmitir diversos eventos esportivos. Mas não pense que ao assinar o serviço você vai ficar com campeonatos pouco - ou nada - prestigiados, como a liga de futebol do Japão. A Sportflix promete englobar não só a Champions League e a Premier League, como também competições que são de interesse de praticamente qualquer brasileiro, como a Libertadores, a Recopa e o Brasileirão.

E se você não gosta de futebol ainda terá a opção de ver jogos da NBA (basquete), NHL (hockey), NFL (futebol americano), MLB (baseball), F1 e UFC (artes marciais mistas). Para quem prefere eventos ainda mais globais, saiba que o serviço dará direito também à Copa do Mundo e às Olimpíadas. Por isso, a promessa é que a empresa transmita 95% de todos os eventos esportivos do mundo.


EVENTOS AO VIVO E COM NARRAÇÃO


Em entrevista ao site "Optclean Tecnologia", a empresa afirmou que irá sim transmitir todos os eventos ao vivo, e que as narrações vão depender de cada evento. Em alguns casos ela será a de origem da transmissão e em outros dublada. No caso do Campeonato Brasileiro, eles não deram muitos detalhes a respeito, mas afirmaram que a narração será não a original, em português, como também será feita em espanhol.

Além disso, eles divulgaram um catalogo indicando todas ligas que terão transmissões ao vivo. Ao todo serão 40 eventos, que incluem não só os já listados como também Roland Garros, Wimbledon (ambos de tênis), PGA (golfe) e campeonatos de futebol da Argentina, México e até Estados Unidos. A escolha não é por acaso, já que o serviço será lançado primeiro nos seguintes países: Brasil, México, Argentina, Estados Unidos, Espanha, Itália, Alemanha, França e Inglaterra.


TRÊS PLANOS DISPONÍVEIS


A meta é que o serviço atinja 400 mil assinaturas até o fim do ano, o que dará a empresa apenas quatro meses para batê-la, que já ele ficará disponível a partir do dia 30 de agosto. Em seu site oficial não há muitas informações a respeito do que será oferecido, apenas que será possível assistir os jogos de uma Smart TV, PC, e celular nos sistemas iOS e Android.

Ele também afirma que o sitema não terá propagandas e que nem limites para o que assistir, desde que esteja de acordo com o pacote escolhido, claro. Serão três planos: Familiar, Business e Platinum, que custam, respectivamente, US$ 19,90, US$ 24,99 e US$ 29,99. A maior diferença entre eles está no número de dispositivos que poderão ter acesso ao conteúdo, mas apenas o Platinum oferece Pay-per-view, que não foi muito bem especificado.

Nenhum comentário: